Guia do Acervo

Apresenta o resumo de alguns conjuntos documentais para divulgação do acervo. Inclui link de acesso aos instrumentos de pesquisa e documentos digitalizados.

Consulte as ferramentas de pesquisa online para mais informações sobre os fundos.

Carioba

A Fábrica de Tecidos Carioba (1875-1976) foi uma indústria têxtil sediada na cidade de Americana, São Paulo, fundada pelo engenheiro William Pultney Ralston, associado aos irmãos fazendeiros Antônio e Augusto de Souza Queiroz. Foi adquirida pelos irmãos ingleses Clement e George Willmot, em 1884, que foram também responsáveis pela construção da Vila Operária. Após enfrentar dificuldades financeiras, foi comprada em 1901 pelo comendador alemão Franz Müller, quando atingiu seu apogeu e ganhou projeção em todo o Brasil. O centro fabril, ao longo de sua existência,  empregou uma expressiva quantidade de trabalhadores e contribuiu bastante para o desenvolvimento econômico da cidade de Americana. Destacou-se no uso de novas tecnologias, em especial, a preocupação com maior rendimento das sementes de algodão e de outros grãos, e no fornecimento de energia elétrica para a região, gerada pela própria usina. O conjunto documental é constituído por registros fotográficos de diversas etapas do processamento industrial, desde a plantação e beneficiamento do algodão, até a fabricação e tingimento do tecido. Também contém imagens dos operários e vistas aéreas e parciais da fábrica. Data(s): 1910-1920. Dimensão e suporte: 52 fotografias originais em preto e branco coladas em cartões, reproduzidas em 12 contatos, 10 negativos e 3 reproduções de segunda geração.

Documentos digitalizados